Arroz Integral – Quais os Benefícios? Engorda?

O arroz integral tem um valor de nutriente bem alto, onde beneficia a saúde, se compõe de fibras, minerais essências e fitoquimicos, o arroz é um alimento básico, cultivado em todo Brasil. Além disso existe vários tipos de arroz como arroz branco, arroz preto, arroz pegajoso (ou glutinoso) incluindo basmati de grãos longos, porém nem todos são criados iguais em termos de benefícios a saúde. O arroz integral é um dos mais estudados tipos de arroz e mais saudável.

Recebe-se esse nome pois quer dizer que o grão integral não é polido e nem passa pelo processo de refinamento, apenas é retirada a casca do grão. A diferença entre o arroz integral e o branco é que no integral se mantém a camada de farelo e o gérmem onde é concentrada a grande parte de nutrientes.

Beneficios do arroz integral

Benefícios do Arroz Integral

Arroz integral traz diversos benefícios para a saúde, tais como pessoas com diabetes e hiperglicêmicos é útil para reduzir picos de insulina no sangue e ajuda no nível de estabilização de açúcar no sangue, foi feito um estudo comparativo no qual revelou que o arroz integral referto em ácido fítico, polifenóis e fibra. É um hidrato de carbono complexo que auxilia na liberação mais lenta de açúcares, se comparando ao arroz branco.

Ele também contém um enzima antioxidante chamado superóxido dismutase que tem a finalidade de proteger as células causadas por danos da oxidação durante a produção de energia, um estudo feito para a comparação do arroz branco e o integral constatou a prevenção de várias doenças por oxidação, como doenças coronárias e também propõe atividade de eliminação de radicais superior elevado.

Já para as pessoas que queiram combater a obesidade o arroz integral auxilia muito, por conter manganês ajuda a sintetizar as gorduras do corpo, uma pesquisa referente a esse mesmo assunto relatou que o consumo de grãos integrais tem efeitos positivos rente ao nosso corpo em junção do índice de gordura corporal e massa, aumenta a atividade glutationa peroxidase que ajuda na elevação do nível de colesterol HDL nos obesos.

Beneficia na redução de colesterol, um estudo constatou que o arroz integral tem atributos hipocolesterolemizantes e que regula o catabolismo do colesterol, dentre outros benefícios que o arroz integral fornece.

Como fazer o arroz integral?

Muito dizem não gostar de arroz por ser duro e etc., mas muitas vezes está no modo de preparar, não que o correto seja abolir o consumo do arroz branco, mas uma vez ou outra é bom aderir o arroz integral, certifica-se que o arroz para que fique bem branquinho passa por um processo de polimento onde se perde 75% de seus nutrientes.

Caso você não saiba como fazer e acha que é difícil, prepara-se para se surpreender com as dicas fáceis de aderir, e irá mudar sua relação com o arroz integral.

É interessante ressaltar que é recomendado que deixe o arroz integral de molho na água morna por volta de umas 6 horas e meio ácido (gotículas de limão), pois assim é capaz de neutralizar uma grande parte de ácido fítico contido nos grãos, o simples ato de deixar os grãos de molho por algum tempo antes de consumi-lo aumentará enormemente seus benefícios nutricionais.

Preparar o arroz integral, é bem simples: coloque alho, refoga a cebola adiciona a água com temperos (a gosto) e o arroz só é colocado por último. Não a segredo para preparar o arroz integral.

Engorda?

Arroz integral não traz benefícios apenas para sua dieta mas também para sua saúde em geral, como citado acima é rico em nutrientes, ele é saciante mas não engorda, é um dos carboidratos mais recomendado para pessoas que querem aumentar massa muscular.

Entretanto o arroz integral e o branco podem engordar sim, todavia tudo depende da quantidade ingerida. Carboidratos digeridos passam pelo intestino delgado onde são absorvidos e conduzido para corrente sanguínea. Que aumenta a glicemia e o pâncreas libera a insulina para conduzir os nutrientes até as células.

A velocidade e quantidade da secreção de insulina consistem-se do índice glicêmico da refeição ingerida sabemos se aumenta ou diminui a velocidade de deglutição. Os altos índices de glicêmico criam uma extremidade de insulina rápido e elevado onde se torna útil para uma recuperação rápida, os carboidratos similares, consumidos quando não necessários elevar a glicemia, movem esses nutrientes para que fiquem armazenados em forma de gordura e não glicogênio muscular. Sempre bom consultar uma nutricionista, para corrigir sua alimentação.

Arroz Integral – Quais os Benefícios? Engorda?
Avalie este artigo...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *