Cisto no Ovário – Sintomas de Cisto de Ovário

O cisto no Ovário, ou também conhecido como cistos ovarianos, cisto de corpo lúteo ou cisto folicular, pode se dizer que o cisto é uma bolha de liquido que fica localizada ali no ovário, ou sobre o ovário. O cisto no ovário pode aparecer tanto em meninas jovens, como em mulheres de mais idade, e acaba sendo uma alteração benigna no organismo, e na maioria dos casos aparece o cisto em mulheres que tem pouca probabilidade de ter câncer.

Podem existir casos que o tumor maligno seja confundido com um cisto, por isso tem que fazer uma avaliação com um especialista no caso para ser tratado como um tumor, pois o tratamento do cisto não irá servir para o tumor.

sintomas de cisto de ovário

Sintomas de Cisto de Ovário

O cisto enquanto estiver pequeno ainda na maioria dos casos não costuma aparecer sintomas, e também existem casos que não aparece os sintomas, e o cisto some sozinho.

Mas costuma ter como sintomas:

  • Dores na região pélvica.
  • Atraso na menstruação ou até mesmo vir um fluxo de sangue muito forte como hemorragia.
  • Dificuldades para engravidar.
  • Inchaço na região do abdômen.
  • Aumento de peso
  • Sensibilidade, principalmente nos peitos.
  • Muita dor ao evacuar.
  • Enjoos e vômitos.
  • Sangramento fora do período menstrual.
  • Dores nas pernas, costas.

Ele pode causar dor caso aconteça se ele aumentar de tamanho, se ele se romper, na relação sexual se ocorrer alguma colisão, ou se ele sangrar.

Caso apareçam alguns desses sintomas vá ate seu médico, e ele irá te passar para um especialista no caso, quanto mais cedo for tratado será melhor, pois pode haver complicações durante o tempo de espera, casos de infertilidade poderão aparecer caso não for tratado a tempo.

Tratamento para o Cisto de Ovário

O primeiro a se fazer deve se procurar um médico especialista e ver o porquê do sintoma, pois os sintomas do cisto no ovário são muitos parecidos com os de outras doenças, por isso deve ser verificado bem antes de confirmar que seja o cisto no ovário, o principal a se fazer é não se automedicar, pois pode complicar um pouco mais o caso, assim que consultar com um médico ele poderá passar remédios para o tratamento, apenas o remédio que ele receitar que poderá ser tomado.

O cisto no ovário pode ser diagnosticado por exames e testes. Logo abaixo estará explicando como.

  • Laparoscopia: ele irá usar esse método para poder examinar a parte dos ovários, para ver se o cisto esta mesmo ali, ou qual pode ser o outro problema em questão.
  • O teste de gravidez também será útil para descobri o tipo de cisto, caso ele dê positivo o médico já saberá que o cisto do caso, que serio o lúteo.
  • Ultrassom pélvico é o exame que vai mostra a imagem do cisto, que vai dizer o tamanho com quantos cm ele pode

estar, e se ele é composto de sólido, misto, fluido e etc.

Esses são alguns métodos que podem ser usado para descobrir o cisto de ovário, e serão feitos e analisados por médicos especialistas.

Falando em tratamento, devemos analisar que irá depender do caso, do tamanho do cisto, da idade da paciente, e assim ver um tratamento adequado para a paciente, existem casos que o cisto some sozinho, porém mesmo assim irá fazer exames pélvicos e ultrassom para ver se ele se foi totalmente mesmo, ou apenas temporariamente. Caso o cisto volte terá de se fazer um tratamento para aquele caso especifico, com medicamentos ou em ultimo caso cirurgia para remover o cisto.

Anticoncepcionais são usados para que outros cistos não apareçam, pois caso apareça mais cisto pode complicar cada vez mais, e assim devera recorrer à cirurgia e fazer a retirada dos ovários, e assim causando a infertilidade.

A cirurgia para os médicos continuam sendo a ultima opção, caso não tenha mais o que fazer, pois em quanto ele puder trata para que não ocorra à cirurgia ele fará isso, sendo assim a cirurgia poderá ser feita caso você fez o tratamento com remédio porem não apareceu resultados, como a diminuição do cisto, ou o desaparecimento. Caso cirúrgico será se você estiver tomando remédios e continuar aumentando ou surgir outros cistos que pode ocorrer o risco de estourar ou ter de remover o ovário.

Cisto Septado no Ovário

O cisto possui três classificações podemos dizer os cistos simples, os cistos ‘’anormais’’ ou neoplásicos que é o que o cisto septado faz parte, e o cisto folicular e de corpo lúteo, logo abaixo irei explicar cada um deles.

  • Cistos simples.

É o tipo de cisto mais comum entre as mulheres que os possui, ele possui uma formação que esta relacionada com o funcionamento normal do ovário, o óvulo não se desprende do ovário como deveria acontecer durante a ovulação, eles podem continuar ali de 5 a 6 semanas, pode acontecer de eles secretarem hormônios, porém isso acontece raramente.

  • Cistos ’anormais’’ ou neoplásicos.

Eles possuem um crescimento de células que os outros não possuem, e podem ser benignos na maioria dos casos, raramente ele pode ser maligno, ou seja, uma célula cancerígena, eles sempre terão um cuidado e tratamento com mais atenção, pois pode ser um caso mais grave consequentemente.

Cisto Septado: é o cisto que possui mais de uma cavidade, e acaba sendo subdividido, que se formou diferente, uma má formação.

Cisto Dermóide: Possui vários tipos de tecidos, como cabelos, dentes, cartilagem, células de gordura, e pedaços de ossos.

Ovários policísticos:  Ele possui múltiplos cistos pequenos, que causa desregulamento hormonal, que pode causar desregulamento menstrual, ou até mesmo o hemorragia menstrual, crescimento de pelos no corpo todo, problemas hormonal, podendo causar irregularidade menstrual, infertilidade, obesidade, e muitas acnes, por isso deve ser tratado com um médico, procure um médico especialista, para fazer um acompanhamento e assim um tratamento adequado para o seu caso. Existem vários tipos de tratamentos, e podem ser usados os mais comuns em casos de cisto, porem irá depender do seu caso, o médico saberá o melhor tratamento para você.

Cisto Unilocular nos Ovários

O cisto unilocular é um dos cistos mais simples entre os outros, podemos dizer também o mais comum entre eles, que é o cisto que surge após a menopausa da mulher, ele não costuma ser grave, ele não se torna um caso grave, podem existir casos que precisem de um tratamento a mais, porém na maioria dos casos eles não regridem muito, ou seja, se mantem estável ali, e acaba não precisando de um tratamento, apenas um acompanhamento a mais, caso seja visto um perigo ali pode se começar um tratamento, mas isso são em casos raros, ele só vai começar a precisar de um tratamento assim que ele estiver acima de 5 cm, caso contrario só será feito o acompanhamento.

Esse foi um artigo sobre cisto no ovário, onde foi explicado alguns tipos de cisto que pode ocorrer, os tratamentos como podem ser feitos, os sintomas e etc. Esperamos que tenha gostado.

Cisto no Ovário – Sintomas de Cisto de Ovário
Avalie este artigo...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *